.

.

.

Pesquise no Site

Boletim Sustentável

Preencha seu e-mail abaixo para receber nossa newsletter:

Recicle!

.

.

EUA se isolam sobre questão climática no G-20

EUA se isolam sobre questão climática no G-20

Líderes das principais economias do mundo romperam com o presidente norte-americano, Donald Trump, sobre a política climática na cúpula do G20 no sábado, em uma rara admissão pública de desacordo e um golpe para cooperação mundial.

A chanceler alemã Angela Merkel, ansiosa por mostrar suas habilidades como mediadora dois meses antes da eleição alemã, conquistou seu objetivo primário na reunião em Hamburgo, convencendo os demais líderes a apoiar um comunicado único com promessas sobre comércio, finanças, energia e África.

No entanto, a divisão entre Trump, eleito sob a promessa de colocar os Estados Unidos em primeiro lugar, e os demais 19 membros do grupo, incluindo países tão diversos como Japão, Arábia Saudita e Argentina, foi dura.

 
Com muitos temas e divergências, qual o objetivo do G20?

Com muitos temas e divergências, qual o objetivo do G20?

“O G20 precisa mostrar que está junto”, escreveu a chanceler alemã, Angela Merkel, na carta de apresentação desta edição do encontro. Apesar das altas expectativas, a verdade é que a reunião não é capaz de, em um passe de mágica, solucionar os problemas do mundo em 48 horas.

Antes mesmo da chegada a Hamburgo, cada líder já tinha uma pauta a trazer: Donald Tusk, presidente do Conselho Europeu, clamou por atenção à situação dos refugiados; a chanceler alemã, Angela Merkel, e o grupo dos europeus querem que Trump volte atrás em sua participação no acordo climático de Paris.

 
Captação de água da chuva economiza 60 mil litros por ano

Captação de água da chuva economiza 60 mil litros por ano

O professor Eduardo Simões, do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, desenvolveu e instalou em sua casa um sistema inteligente de automação residencial para aproveitar a água da chuva. Com capacidade de armazenamento de 5 mil litros, o sistema tem como principal inovação o duplo reúso: é possível encher a banheira com a água da chuva aquecida por aquecedor solar e, após o banho, uma canalização leva a água do ralo da banheira para os sprinklers (dispositivos de irrigação) do jardim. A instalação do sistema teve custo aproximado de R$ 4 mil e permite uma economia de quase 60 mil litros de água durante o ano, além de uma redução mensal de até R$ 300 na conta de água.

 
UFSCar tem inscrições abertas para MBA em Gestão Ambiental e Sustentabilidade

UFSCar tem inscrições abertas para MBA em Gestão Ambiental e Sustentabilidade

O curso de especialização Master of Business Administration (MBA) em Gestão Ambiental e Sustentabilidade do Campus Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) está com inscrições abertas para a formação de nova turma para início no 2º semestre de 2017.

O objetivo do MBA é compartilhar conhecimentos em gestão tendo como foco a sustentabilidade, uma vez que a demanda contemporânea por produtos e serviços que utilizam recursos naturais exige uma responsabilidade socioambiental cada vez maior das instituições públicas e privadas e dos profissionais que nelas atuam.

 
Instituto Brasileiro de Sustentabilidade (INBS) oferece cursos EAD

Instituto Brasileiro de Sustentabilidade (INBS) oferece cursos EAD

Já pensou em ampliar sua atuação profissional? Abraçar novas oportunidades de trabalho?

Embora atualmente tenha havido crescimento no desemprego no país, a área de meio ambiente e sustentabilidade manteve e, em determinados casos, até mesmo aumentou o número de vagas. E este fenômeno pode facilmente ser explicado uma vez que as empresas passaram a enxergar investimentos em meio ambiente e sustentabilidade como uma forma de redução de custos.

Tanto visando a contratação por empresas, quanto a prestação de serviços a clientes, é muito importante que o profissional esteja preparado e atualizado sobre sua área de atuação ou busque novos segmentos que lhe garantam boas oportunidades de trabalho.

 
Congresso internacional em Cuiabá vai discutir inovação e sustentabilidade

Congresso internacional em Cuiabá vai discutir inovação e sustentabilidade

O Sebrae vai realizar nos próximos dias 6 e 7, , em Cuiabá (MT), o Congresso Internacional de Sustentabilidade para pequenos negócios. Com o tema O presente desenhando o futuro, o evento tem o objetivo de apresentar conceitos de inovação ligados à sustentabilidade e ao empreendedorismo, além de reunir tendências, oportunidades e possibilidades de superação da crise.

O Congresso também vai apresentar empresas que conseguiram escalonar a produção tendo a sustentabilidade como uma estratégia. "A transformação digital traz enormes desafios para as empresas, cidadãos e organizações, mas apresenta muitas oportunidades. A desmaterialização, a inteligência de dados, a internet das coisas, o monitoramento, a colaboração em rede, são dimensões da transformação digital que precisam ser trazidas para o debate sobre a sustentabilidade", destaca o diretor de Administração e Finanças do Sebrae, Vinícius Lages.

 
Pnud premia organizações indígenas por projetos de sustentabilidade comunitária

Pnud premia organizações indígenas por projetos de sustentabilidade comunitária

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud) premiou o trabalho de duas organizações indígenas que desenvolvem projetos de desenvolvimento sustentável na Amazônia brasileira. As duas organizações não-governamentais indígenas são as duas únicas entidades brasileiras entre os 15 vencedores do Prêmio Equatorial 2017. Criado em 2002, o concurso  recebeu, em junho, mais de 800 inscrições de 120 países.

A Associação Ashaninka do Rio Amônia – Apiwtxa (termo indígena que significa união) foi criada em 1991 e está sediada em Cruzeiro do Sul (AC). Para proteger a terra indígena Ashaninka, localizada em Marechal Thaumaturgo (AC), e promover o desenvolvimento sustentável da comunidade, a entidade passou a empregar tecnologia de mapeamento territorial em 3D para demarcar os limites da reserva. Além disso, criou um plano de gestão da Terra Indígena Kampa do Rio Amônia, que abrange cerca de 87 mil hectares (um hectare corresponde, aproximadamente, às medidas de um campo de futebol oficial) e abriga a cerca de 800 pessoas, segundo a própria associação.

 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Página 2 de 251